Intervalo

intervalo

Todas nós ansiamos por um intervalo. Ou por umas férias. Só para nós! Sim, sim, vamos admiti-lo sem pudores, ok? Uns dias de silêncio, sem brigas, mediação de conflitos ou queixinhas de cinco em cinco minutos, com a sala arrumada e sem Legos pelo chão, com os filmes ou séries que queremos ver sem ser preciso deitar a prole primeiro, com o livro que queremos ler sem mil interrupções a … Ler mais

Primeiro de Agosto, primeiro de Inverno

Primeiro de Agosto

A minha avó tem uma frase típica para o dia de hoje, carregada de positivismo e ânimo, principalmente para quem esperou tanto tempo para ir de férias no oitavo mês do ano:
“Primeiro de Agosto, primeiro de Inverno.”
Tau! Assim, este fatalismo todo sem aviso nem açúcar, mesmo quando estás a guardar o fato de banho e os teus vestidinhos mais leves na mala, a assinalar as cascatas onde queres … Ler mais

Não posso dizer. É surpresa!

e-surpresa

– Amanhã posso levar as botas novas para a escola?
– Amanhã não vais à escola.
– Não vou?!
– Não. Amanhã vamos passar o dia todos juntos, num sítio especial.
– Onde?
– Não posso dizer. É surpresa! – e pisquei-lhe o olho.
Ela abriu muito a boca e foi a correr chamar o irmão.
Ao fim de uns segundos estavam os dois à minha frente, a massacrarem-me com … Ler mais

Destino: a felicidade (parte 2)

férias Porto Antigo

Quando éramos só dois e viajávamos sozinhos para o norte, fazíamos um jogo parvo em que quem avistasse o primeiro milheiro, ganhava. O quê, não sei. Mas ganhava. E talvez o prémio até fosse a emoção de anunciar que estávamos a entrar, oficialmente, em terras nortenhas. E sim, para mim, isso era emocionante. Constatar as diferenças na arquitectura, vislumbrar vestígios de medievalidade em pontes e muros avistados da estrada nacional, … Ler mais

Destino: a felicidade (parte 1)

awesome-camera-cameras-coffee-Favim.com-901149

Primeiro pensamos no Algarve. Depois a velha paixão pelo litoral alentejano sobrepôs-se aos planos iniciais. Depois percebemos que, como sempre, tínhamos deixado tudo para a última, e que a dois dias de arrancarmos ainda não sabíamos qual o destino.
“Mas nós vamos de férias, não vamos?” – perguntava-nos ele, com os seus olhinhos brilhantes de expectativa e entusiasmo, à espera que não o desiludíssemos, até porque a mãe e o … Ler mais