Rent-a-car

rent-a-car

Hoje, sozinho, o meu filho lembrou-se de recolher todos os carrinhos e triciclos existentes espalhados pelo recreio do infantário.
Tão querido, não é? Tão voluntarioso e responsável, a ajudar a arrumar e a organizar o pátio…
Pois. Só que não.
Juntou-os todos, e depois cada vez que um menino queria andar, ele chegava-se à frente e cobrava-lhes dois euros pelo aluguer. Depois mostrou-se muito espantado por não terem compreendido a sua genialidade empresarial, terem feito queixinhas dele e ter sido forçado a desmantelar o rent-a-car improvisado. Esses inimigos do capitalismo, pigmeus do pré-escolar que acham que trocas comerciais só se efectuam com cromos do LIDL ou discos dos Angry Birds!
Nem quero imaginar quando começar a aventurar-se nas contas de somar…
rent-a-car

Partilha!Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someoneBuffer this page

Leave a Comment.