Penacho

penacho

Eu, em choque, ao perceber que ela tem um penacho de cabelo espetado sobre testa que tenho a certeza que não estava lá antes.
– Podes dizer-me o que aconteceu ao teu cabelo?
Ela desvia o olhar e começa a rir e a gaguejar, baixinho, sem saber o que dizer.
– Hum…ahhh… Tenho vergonha de dizer.
– Pois, mas eu quero saber. O que te aconteceu ao cabelo?
– Estive a brincar às cabeleireiras…
– Sim…
– E cortei-o às escondidas?
Gosto particularmente quando ela dá a entoação de interrogação aos disparates que faz, como se estivesse a confirmar o bonito serviço que fez.
Fecho os olhos e abano a cabeça, enquanto inspiro fundo.
– Mas foi só um bocadinho! – apressa-se a argumentar.
– Pois foi! Porquê?
– Porque ouvi-te a chegar e não pude cortar mais?
-_-

Partilha!Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someoneBuffer this page

Leave a Comment.