Feliz dia do arroz doce

feliz-dia-do-arroz-doce

Feliz dia do arroz doce, das claras em castelo batidas à mão, das batatas fritas em azeite, das torradas crocantes de papo seco com manteiga de vaca, das papas e iogurtes cheios de açúcar e das combinações mais improváveis de acompanhamentos de sempre como esparguete com batatas fritas e ovo mexido!
Feliz dia do “Anota aí. Pões um bocadinho disto, uma pinguinha daquilo, uma «machinha» de aqueloutro” e ficamos à mesma sem saber a receita.
Feliz dia do “Ai filha, estás tão magrinha!”, do “Vais sair sem um casaquinho?”, “Anda cá pôr um boné!”, do “toma lá e vai comprar um bolo, um Rajá, ou guarda para os carrosséis da feira”.
Da roupa com cheiro a sabão azul e branco lavada no tanque, dos ditados populares cheios de sabedoria, do gritar para a televisão “CUIDADO QUE A GAJA TÁ ATRÁS DA PORTA!” e de se falar sobre as personagens das telenovelas como se fossem reais e tivéssemos andado todos juntos na escola.
Feliz dia das histórias com finais politicamente incorrectos, dos tempos em que ainda se podia cortar e coser a barriga ao lobo depois de se ter enfiado uma pedreira inteira lá dentro.
Feliz dia do “Eu bem te disse!”. Do “Deixa lá os meninos ficarem cá dormir!”, do “Coitadinhos!”, do “Anda cá que a avó dá-te um chocolatinho sem a mãe ver”, dos “mandados à mercearia” e do “Isso tem demasia!”.
Feliz dia da manta no chão da sala com brinquedos que já ninguém se lembrava que existiam porque a avó não deita nada fora. Das tendas feitas com cortinados e molas da roupa. Do aprender a comprar fruta na feira e qual o nome dos peixes da praça.
Da paciência infinita. Do amor incondicional. Do amor demorado. Do amor sem regras. Do amor que se degusta com calma e sabedoria, como nenhum outro, apenas porque o tempo já os ensinou como isso se faz.

Feliz dia dos Avós. Essa instituição valiosa com cheiro a bolos e colo demorado que nos faz sentir protegidos de tudo, até sermos nós a querer protegê-los de tudo, também.
<3
feliz-dia-do-arroz-doce

Partilha!Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someoneBuffer this page

Leave a Comment.