A Manhã Negra

Torre Eiffel1

Parte 4

Tinha quinze anos. Combinara tomar o pequeno-almoço com a minha avó antes de ir para a escola e a única coisa que me preocupava nessa manhã era não chegar atrasada ao teste de História. Lembrava-me bem da azáfama no interior da pastelaria, da clientela apressada e impaciente ansiando por um café como se a sua vida dependesse disso. Lembrava-me que quando comecei a atravessar o mar de gente … Ler mais