Atenção Nemo!

Atenção-Nemo

Hora de brincar na banheira.
Quando passo à porta da casa de banho, oiço alguém lá dentro a gritar em grande aflição: “Ah! Nãããão!”
Em sobressalto, entro de rompante a pensar que vou encontrar uma criança cega pelo champô, ou com a cabeça partida, ou com as sobrancelhas rapadas com uma gillette, mas ele encontra-se deitado e tranquilo, envolto num mar de espuma perfumada. Levanta a cabeça, olha para mim, e volta a gritar e a bracejar como se estivesse a ser arrastado por um tubarão sanguinário:
“Atenção Nemo! Cuidado com as barracudas! Acabou de entrar uma na nossa gruta!!!”
-_-

Partilha!Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someoneBuffer this page

Leave a Comment.