Caçar duendes

caçar-duendes

Apareceram-me à frente de casacos vestidos e gorros na cabeça, apesar de ainda estarem de pijama. Um trazia uma escumadeira e um batedor de leite nas mãos. O outro um chapéu de chuva, um apito e uma tenaz da salada.
– Onde é que vocês vão com isso tudo?
– Caçar duendes do Natal.
– Ah, sim? E para que servem essas coisas todas?
– Isto (e liga o batedor … Ler mais

As postas de bacalhau

as-postas-de-bacalhau

Há uns anos que tentamos alimentar uma tradição de amigos de sempre, em que todos os Dezembros partimos para a Beira Interior, para o nosso fim-de-semana especial de Natal, em busca de sossego, ar puro, frio serrano congela ossos, serões à lareira, cheiro a fumeiro no cabelo, jogos parvos e infantis, “filosóficas” conversas pela madrugada fora, gargalhadas de perder o fôlego e leves dores de cabeça na manhã seguinte – … Ler mais

Festa de Natal da Escola

Festa Natal

Eu sei que este texto vai parecer ter sido escrito pelo Gru, o Maldisposto, mas todos os anos, nas festas de Natal da Escola, sinto o desejo secreto e ardente de ter um controlo remoto para pessoas, por muito pouco natalício que isso seja e muito maléfica me faça parecer. E posso justificar essa minha vontade enumerando-vos alguns tipos de pessoas que vocês não vão querer ter por perto (ou … Ler mais