“Um dia de semana à tarde”

Outono em Portugal

Eles apertam-me as mãos com força e saltitam de entusiasmo, fazendo as pás e as formas chocalharem dentro dos baldinhos da praia. Falam ao mesmo tempo, atropelam-se nas palavras, mas consigo ouvir o que cada um tem para me dizer. À nossa frente, e em êxtase com a perspectiva de um mergulho, Dom Baltazar puxa a trela com o vigor de um corcel com ânsias de liberdade. E derrapa com … Ler mais

A Manhã Negra

Torre Eiffel1

Parte 4

Tinha quinze anos. Combinara tomar o pequeno-almoço com a minha avó antes de ir para a escola e a única coisa que me preocupava nessa manhã era não chegar atrasada ao teste de História. Lembrava-me bem da azáfama no interior da pastelaria, da clientela apressada e impaciente ansiando por um café como se a sua vida dependesse disso. Lembrava-me que quando comecei a atravessar o mar de gente … Ler mais

chefe da sala

votações

– Sabes mãe, estou muito chateado. Hoje, lá na escola, tivemos que escolher o chefe da sala, e ganhou a Leonor.
– Então, e porque é que estás chateado?
– Porque queria ter ganho eu!
– Ganhas noutra altura. Se os teus amigos escolheram a Leonor, tens que respeitar a decisão deles e continuar a ser amigo dela. Para a próxima pode ser que sejas tu o chefe.
– Mas … Ler mais

O mais novo membro da família

O sacana4

Lembro-me que quase não dormi nessa noite. Lembro-me que estava ansiosa e entusiasmada como uma autêntica criança. Lembro-me das conjecturas que não conseguia parar de fazer: “e se não conseguirmos escolher um? E se não houver nenhum que nos escolha? E se não gostarmos de nenhum e nenhum gostar de nós? Será melhor escolhermos um mais atrevido ou um mais pachorrento? Se calhar um pachorrento não estraga tanto! Mas um … Ler mais