Despedida

despedida

A despedida melodramática dos meus filhos, à porta de casa dos avós:
– ADEUS MÃE!!!! Vamos ter muitas saudades tuas! – Gritam, com as cabeças do lado de fora da porta, acenado efusivamente, com se eu fosse embarcar no Titanic. Só lhes faltava o lenço branco nas pontas dos dedos para o teatro ficar completo. – Adoramos-te, mãe! És linda! E muito fofinha. Vamos ter mesmo muitas, muitas saudades tuas … Ler mais

Destino: a felicidade (parte 2)

férias Porto Antigo

Quando éramos só dois e viajávamos sozinhos para o norte, fazíamos um jogo parvo em que quem avistasse o primeiro milheiro, ganhava. O quê, não sei. Mas ganhava. E talvez o prémio até fosse a emoção de anunciar que estávamos a entrar, oficialmente, em terras nortenhas. E sim, para mim, isso era emocionante. Constatar as diferenças na arquitectura, vislumbrar vestígios de medievalidade em pontes e muros avistados da estrada nacional, … Ler mais

Preparativos para as férias: as regras

fhd007TND_Laura_Linney_006

– Já sabem as regras – relembrei-os.
– Sim. – responderam em coro.
– Nada de saírem do pé do pai nem da mãe. Nada de falar com estranhos. Mesmo que vos apareça uma pessoa muito simpática a convidar-vos para irem ver cãezinhos e gatinhos ou para andarem de carrossel ou comerem gelados. Entendidos?
– Sim.
– E se aparecer uma rapariga muito gira e querida a dizer-vos assim: “Olá! … Ler mais

“Bicho-mãe”

baby-after-birth

Momentos depois do meu filho nascer, e ainda na sala de partos, uma jovem enfermeira de sorriso terno colocou-o ao meu lado e perguntou-me se eu queria experimentar a pega e começar já amamentá-lo. Exausta ou não, aquilo era tudo o que tinha desejado ouvir. Eu não queria dormir, nem descansar, nem precisava de tempo algum para assimilar tudo o que acabara de me acontecer. Eu queria era ter o … Ler mais

Estou a vê-lo nos teus olhos…

Chegou o vitinho

– Mãe, quero mais queijo.
– Comes a última fatia e vais para a cama.
– Mas quero ver desenhos animados.
– Vês amanhã. Hoje já é muito tarde e tu estás cheio de sono.
– Não estou nada! – afiançou, com os olhos vidrados de cansaço e com o punho a coçar um deles.
– Estás, estás. Estou a vê-lo nos teus olhos. Está mesmo aí…
– Quem?
– … Ler mais

Destino: a felicidade (parte 1)

awesome-camera-cameras-coffee-Favim.com-901149

Primeiro pensamos no Algarve. Depois a velha paixão pelo litoral alentejano sobrepôs-se aos planos iniciais. Depois percebemos que, como sempre, tínhamos deixado tudo para a última, e que a dois dias de arrancarmos ainda não sabíamos qual o destino.
“Mas nós vamos de férias, não vamos?” – perguntava-nos ele, com os seus olhinhos brilhantes de expectativa e entusiasmo, à espera que não o desiludíssemos, até porque a mãe e o … Ler mais